Alimentação Saudável Para Idosos

Alimentação Saudável Para Idosos

Chegar à terceira idade não é para qualquer um; ainda mais, gozando de saúde. A alimentação nesta etapa da vida passa por muitas mudanças, já que os hábitos alimentares sofrem transformações de acordo com o processo de envelhecimento de cada um.

O uso de medicamentos, a falta de apetite, as alterações fisiológicas próprias da idade, a influência a das enfermidades adquiridas e o estilo de vida que o idoso leva, como, por exemplo, se ele mora sozinho ou com familiares irá afetar no que eles comem. Todos estes fatores podem atrapalhar a saúde nutricional deste indivíduo.

Veja as dicas de Alimentação Saudável Para Idosos

A maior parte dos idosos cometem erros comuns na alimentação, como a falta de horário para comer, a monotonia alimentar e o fato de não ingerir água por não sentir sede, o que faz se desidratar rapidamente.

A sede já é um indício de desidratação; logo, deve-se beber água independentemente de ter um estímulo para fazer. Por isso, muito idosos se desidratam sem perceber.

Ser da terceira idade requer alguns cuidados especiais, e com a alimentação não é deferente. Há alimentos que devem ser incluídos e consumidos com maior frequência nesta fase, por causa das transformações orgânicas.

Determinados alimentos e substâncias são essências à manutenção da saúde e qualidade de vida dos idosos

Citaremos Algumas dicas de Alimentação Saudável Para Idosos:

Incluir e aumentar a ingestão de cálcio e vitamina D

Esses nutrientes são essenciais para evitar a osteoporose, visto que neste momento da vida há uma grande perda óssea. Alimentos como leite, queijo, iogurte, e outros laticínios são bons exemplos de fontes de cálcio, como também a semente de gergelim.

Já a vitamina D entra como um facilitador do cálcio, pois ajuda em sua absorção pelo organismo. Portanto, não adianta ter uma alimentação rica em cálcio se não houver a presença dela. Uma boa dica é ser expor ao sol pela manhã, pelo menos por 10 a 15 minutos por dia.

Ômega 3=

Peixe ou linhaça – Esse nutriente já foi falado outras vezes neste espaço, já que é de suma importância. O ômega 3 ajudará na função cerebral, ou seja, na questão da memória , a qual é muito afetada com o chegar da idade. Além disso, atua de forma benéfica, prevenindo problemas cardiovasculares.

Boas fontes desse nutriente são os peixes, como atum, sardinha e salmão, entre as fontes animais. A linhaça também pode ser usada como alimento para aumentar o aporte de ômega 3 , já que possui uma grande quantidade desse nutriente em sua composição.

Triture-a no liquidificador e misture uma colher de sopa nas frutas, iogurte ou leite. São maneiras fáceis der consumir esse alimento e essa quantidade ao dia é suficiente para que você absorva os seus benefícios.

Fibras=

Aveia em flocos e chia – são excelentes para reduzir os níveis de colesterol e glicemia, controlar a pressão alta e minimizar a prisão de ventre, que é muito comum nesta fase da vida. Pose-se incluí-las em qualquer refeição.

Água –

Esta deve ser sempre lembrada! Como falado anteriormente, o mecanismo de sede do idoso pode torna-se impreciso, e, assim, eles passam longos períodos sem consumir água. Deve-se ingerir no mínimo 1,5L de água por dia, ou oito copos.

Zinco –

Muitos medicamentos interferem na absorção do zinco ou na sua utilização pelo organismo. Por isso, muitos idosos apresentam deficiência deste mineral, já que são indivíduos que geralmente consomem mais de dos medicamentos ao dia.

Logo, esse baixo aporte de zinco pode reduzir o apetite, levando à baixa ingestão alimentar e, consequentemente, agravando a carência e zinco. Neste caso, é necessário ingerir alimentos-fontes, como carne, ovos, peixes, aves, cereais, leguminosas (feijão, ervilha e lentilha).

E por fim, estimular o consumo de frutas, verduras e legumes. Evite o uso de produtos industrializados e priorize alimentos frescos e saudáveis. Isso faz toda a diferença!

“AMIGOS” DOS IDOSOS

Diversos alimentos contêm nutrientes e substâncias fundamentais à saúde física e mental do idoso;

Leite, queijo, iogurte e outros laticínios.

Leguminosas, como feijão, lentilha.

Proteína animal, presentes nas carnes, ovos, aves, etc.

Pescados, como salmão, atum, sardinha.

Aveia em flocos e chia, ricas em fibras vegetais.

Lívia Hipólito Cardozo Brant – é nutricionista pós-graduada em Nutrição Clinica

Deixe seu comentario!!!
Alimentação Saudável Para Idosos
5 (99.13%) 23 votes

Etiquetas

Artigos Relacionados

Um Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Fechar